Selecione o Profissional
 

Neide Duarte

TEMAS:


Neide Duarte é Jornalista, mais conhecida por ser Réporter Especial da Rede Globo. Formada pela FAAP, em SP. Ingressou na Rede Globo depois de trabalhar por três anos como repórter da Folha de S. Paulo.

Fez matérias especiais para o Jornal Nacional, Fantástico e Globo Repórter por mais de 15 anos. Antes de voltar como repórter especial para a Globo, Neide apresentou e dirigiu o programa Caminhos e Parcerias, da TV Cultura, um programa que mostra o trabalho de ONGs em parcerias com empresas, poder público e as comunidades para uma melhoria da qualidade de vida.

 

Com Caminhos e Parcerias, Neide ganhou 11 prêmios jornalísticos, como: Líbero Badaró, Vladimir Herzog, Mídia da Paz, prêmio Ethos de jornalismo, grande prêmio Barbosa Lima Sobrinho, do prêmio Embratel, e dois prêmios internacionais: na Argentina, e Cine Eco 2003 em Portugal, além de ter sido finalista em outra dezena de prêmios.

 

Em 2006, publicou o livro "Frutos do Brasil", histórias de mobilização juvenil, sobre 8 projetos sociais pelo Brasil, onde os jovens são os protagonistas. Em 2007, ganhou dois prêmios de melhor reportagem de TV: um do Ministério do Meio Ambiente e outro, o prêmio Caixa de Jornalismo, com a série "100 anos da represa de Guarapiranga", veiculada na TV Globo.

 

Em 2007, finalizou o documentário Frutos do Brasil,  para a ONG Aracati, com patrocínio da Fundação Kellogs. O documentário, junto com o livro do mesmo nome, em 2008, passou a ser um Pontão de Cultura, do Ministério da Cultura.

 

Em 2008, dirigiu "Um lugar para beijar" documentário sobre a AIDS e o mundo homossexual da periferia de São Paulo, para o departamento de DST/AIDS da prefeitura de São Paulo. Com esse documentário, ganhou 2 prêmios no Festival de Guarnicê, em São Luiz do Maranhão: melhor documentário e melhor vídeo nacional.

 

Um dos trabalhos mais expressivos da carreira de Neide foi a conceituação e produção, junto com os repórteres Edney Silvestre e Marcelo Canellas, do programa jornalístico Brasileiros (2010), que mostrou histórias de pessoas comuns que ajudaram a transformar a vida de suas comunidades. No mesmo ano, realizou ainda as séries Expedicionários da Saúde, para o Bom Dia Brasil; e Idosos, Novas Tecnologias, para o Jornal Nacional.

 

Quando houve o massacre em uma escola do bairro de Realengo (RJ), Neide entrevistou, para o Bom dia Brasil, especialistas buscando respostas sobre o que haveria levado o ex-aluno a assassinar 10 adolescentes em um dos crimes que mais chocaram o Brasil. Ainda para o jornal matutino, a repórter acompanhou a Rio+20 em uma série entitulada Serra do Mar, em 2012, e cobriu o Movimento Passe Livre, em 2013.

 

Em 2014, Neide fez crônicas para o Jornal Hoje sobre os 460 anos de São Paulo, e teve o privilégio de ser a última jornalista a entrevistar o escritor Ariano Suassuna, em julho do mesmo ano.

 

Realiza trabalhos como Mestre de Cerimônias e Moderadora de Debates.

 

10/2020


Outros Palestrantes do mesmo tema


Serviços
  • Clique aqui se você é um Palestrante e deseja participar do casting da Mix Palestras.
  • Clique aqui para obter uma proposta ou contratar um palestrante
Contato
  • twitter:
    @mixpalestras
  • Mande-nos uma Mensagem