Selecione o Profissional
 

Roger Flores

Roger Flores

TEMAS:


Roger Flores é Ex-Jogador de Futebol. Atuou como apresentador e comentarista esportivo do SporTV e do Premiere Futebol Clube. Atua como comentarista nas transmissões do futebol nacional, na TV Globo. Apresenta, também, o programa Boleiragem, multiplataforma no SporTV, GloboEsporte.com e Esporte Espetacular.

 

Iniciou sua carreira profissional no Fluminense em 1996, aos 17 anos de idade. Foi destaque na conquista da Copa Rio, tendo feito 2 gols na decisão. Em 1999, se destacou na equipe tricolor que conquistou o título do Campeonato Brasileiro Série C. Ele, inclusive, fez os gols do título, na vitória do Flu sobre o Náutico, por 2:1. Na época, o craque tricolor chegou a receber de Carlos Alberto Parreira, consagrado técnico da Seleção Brasileira de 1994, o apelido de Maradoninha.

 

Em 2000, Roger continuou se destacando pelo Fluminense, virando ídolo da torcida tricolor. Ainda foi convocado para a seleção brasileira para os Jogos Olímpicos de 2000. No mesmo ano, foi comprado pelo clube do Sport Lisboa e Benfica, de Portugal - sendo a maior transação para os 2 clubes, até então - onde jogou por pouco mais de dois anos. A grave lesão no púbis, a cirurgia e o longo período de recuperação o afastaram dos gramados por alguns meses.

 

Em 2005, Roger acertou sua ida para o Corinthians, na formação do "Grande Time" para a temporada. Em seu primeiro ano, juntou-se a Carlitos Tévez, Carlos Alberto e Nilmar, conquistando o Campeonato Brasileiro e sendo eleito o melhor meia desse campeonato. No final da temporada, Roger quebrou a perna na partida contra o Vasco (Pacaembú), desfalcando a equipe nas últimas rodadas. Sua recuperação durou 6 meses.

 

Em 2007, Roger acabou acertando sua transferência para o Flamengo. O jogador, que já havia atuado pelo Flamengo nas divisões juvenis, assinou um contrato com o clube rubro-negro até o final do ano, quando o Flamengo então poderia contratá-lo definitivamente se pagasse a quantia de US$ 500 mil. Entretanto, terminado o prazo de seu empréstimo, o Flamengo, alegando o alto salário do jogador (R$ 43 mil por partida), decidiu dispensá-lo do clube. Com a saída do clube carioca, Roger foi para o Grêmio, por empréstimo, inicialmente até o final de 2008.

 

No Grêmio, foi o destaque da equipe no Campeonato Gaúcho e eleito o melhor meia da competição. Ídolo da torcida e após cinco meses no clube gaúcho, recebeu uma proposta milionária do Qatar Sports Club. Em julho de 2008, Roger foi apresentado no Qatar S.C., onde jogou por dois anos.

 

Roger Flores teve uma carreira de destaque no futebol brasileiro. Campeão Brasileiro pelo Corinthians, o jogador revelado pelo Fluminense tinha muita qualidade técnica, mas teve a sua história marcada por algumas lesões. Chamado de "Maradoninha" em Xerém, enfrentou críticas e desconfianças nos períodos de lesões.

 

Em fevereiro de 2010, Roger foi apresentado como reforço do Cruzeiro para a disputa da Copa Libertadores da América e do Brasileirão. Sua estreia pelo time mineiro foi na vitória por 3:1 contra o Atlético Mineiro pelo Campeonato Mineiro, onde deixou a sua marca e caiu nas graças da torcida. O meia cobrou o escanteio para Leonardo Silva marcar o segundo gol do time e em seguida ele próprio marcou o terceiro, com um chute de fora da área. Em 2011, foi Campeão Mineiro e eleito o "Craque da Galera" (melhor jogador da competição). No Campeonato Brasileiro, teve participação fundamental no placar histórico de 6:1 em cima do Atlético Mineiro – com 1 gol e 3 assistências, na luta contra o rebaixamento. Em 2012, acertou sua rescisão de contrato com a equipe celeste depois de mais de dois anos no clube.

 

Depois que encerrou sua carreira no Cruzeiro, virou comentarista do SporTV, fazendo pontas também na Globo e Premiere FC. Foi cotado para ser comentarista na Globo nos jogos do mundial de 2014. Desde janeiro de 2017, tornou-se apresentador do Troca de Passes, exibido nas noites de terça a domingo no SporTV. Em maio de 2018, com a saída de Juninho Pernambucano, assumiu como comentarista nacional na TV Globo nas transmissões do futebol. Roger entrou para a história da emissora como o primeiro ex-jogador a se tornar apresentador de programa dos canais Globo.

 

Em janeiro de 2019, Roger iniciou um novo ciclo na sua carreira como apresentador ao estreiar o Boleiragem, o novo programa de esportes no Grupo Globo, multiplataforma no SporTV, GloboEsporte.com e Esporte Espetacular.

 

03/2020


Outros Palestrantes do mesmo tema


Serviços
  • Clique aqui se você é um Palestrante e deseja participar do casting da Mix Palestras.
  • Clique aqui para obter uma proposta ou contratar um palestrante
Contato
  • twitter:
    @mixpalestras
  • Mande-nos uma Mensagem