Selecione o Profissional
 

Fernando Schüler

Fernando Schüler

TEMAS:


Fernando Schuler é doutor em Filosofia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) com ênfase em filosofia política.


É professor universitário, articulista, consultor de empresas e organizações civis nas áreas de cultura, ciências políticas, gestão e terceiro setor. Entre 2007 e 2010, foi Secretário de Estado da Justiça e do Desenvolvimento Social do Rio Grande do Sul.


Foi Diretor do Ibmec, no Rio de Janeiro, estando atualmente na Columbia University, como Visiting Scholar.


Doutor em Filosofia e Mestre em Ciências Políticas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS); Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental pela Escola Nacional de Administração Pública (Brasília) e Especialista em Gestão Cultural e Cooperação Ibero-americana pela Universidade de Barcelona (Espanha). Foi igualmente bolsista do Faculty Research Program, do governo canadense. Recebeu menção honrosa no Prêmio ANPOF, da Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia, para melhor tese em filosofia do País, 2006/2007.


Desenvolvimento Social


Foi secretário de Estado da Justiça e do Desenvolvimento Social, Rio Grande do Sul (2007/2010).


 * Participou da concepção e do desenvolvimento do projeto de modernização de gestão no Estado do Rio Grande do Sul com vistas à renegociação da dívida do Estado junto ao Banco Mundial, consubstanciada no empréstimo de U$ 1,1 bilhão para o alongamento do perfil da dívida pública.


 * Criou e implementou a Rede Parceria Social, maior rede de financiamento público-privado a projetos sociais do País. Em três anos, a Rede financiou 650 projetos em comunidades vulneráveis, em um total de R$ 21 milhões, treinando as organizações sociais executoras. A Rede conta com a participação de 17 empresas financiadoras e atingiu 140 municípios gaúchos.


 * Criou e implementou a primeira legislação de incentivo fiscal à formação de fundos de endowment do País.


 * Criou e implementou a legislação de OSCIPs (http://www.seplag.rs.gov.br) - organizações da sociedade civil de interesse público, que faculta ao Estado a gestão contratualizada de serviços públicos com o setor privado.


 * Concebeu a criação da Fundação Gerações, hoje integrada pela Gerdau, RBS e Grupo Vonpar, voltada à realização de políticas de matching com foco na criação e fortalecimento de fundos de endowment e na sustentabilidade de organizações do terceiro setor no Rio Grande do Sul.


 * Criou e implementou o Programa Emancipar, de combate à pobreza nas 75 cidades com maior concentração de pobreza no Estado. O programa, estruturado em parceria com inúmeras organizações privadas e do Terceiro Setor, parte do diagnóstico em profundidade das comunidades, desenho do mapa social, formação de núcleos de liderança comunitários e execução de uma agenda de ações sociais combinadas nas áreas da habitação popular, saneamento, alfabetização, capacitação profissional, desenvolvimento comunitário, cultura e saúde.


 * Criou e implementou o Programa RS Socioeducativo, que tem como foco a prevenção à violência juvenil, reduzindo a reincidência em delitos de adolescentes e jovens infratores. O programa, realizado em parceria com o setor privado e o terceiro setor, oferece bolsa de 12 meses a egressos do sistema de internação da FASE (Fundação de Atendimento Sócio-educativo), 800 horas de qualificação profissional e acompanhamento intensivo por parte de equipe especializada. Reduziu em 36% a população de adolescentes internos na FASE.


 * Criou e implementou o Programa de Cooperação Internacional do Terceiro Setor no Rio Grande do Sul, que possibilitou dez missões internacionais de organizações sociais a 08 países, com foco na busca de recursos e tecnologias sociais. No âmbito do Programa, liderou Missão Internacional integrada por empresas como Gerdau, Braskem, Vompar, RBS, Renner e outras Institutos sociais para intercâmbio com Fundações sociais norte-americanas sediadas em Nova Iorque e Washington (abril 2010).



Cultura


 * Foi chefe de gabinete do Ministro da Cultura, Francisco Weffort, e coordenador geral de política cultural junto ao Ministério da Cultura, Brasília, entre 1995 e 1996.


 * Foi Diretor Executivo, durante oito anos, da Fundação Iberê Camargo (incluir link www.iberecamargo.org.br), trabalhando na implantação da própria Fundação e a construção do Museu Iberê Camargo, projetado pelo Arquiteto Álvaro Siza Vieira. O projeto recebeu o primeiro prêmio da Bienal de Arquitetura de Veneza 2002.


 * Criou e implementou o Seminário Internacional Fronteiras do Pensamento (incluir link www.fronteirasdopensamento.com.br), que trouxe ao Brasil mais de 80 conferências de nomes como Mário Vargas Llosa, Christopher Hitchens Guy Sorman, Tom Wolfe, David Lynch, Wim Wenders, Daniel Libeskind, Luc Ferry, Bernard Henry Levy, Christopher Hitchens, Howard Gardner, Steven Pinker, Daniel Cohn-bendit, além dos prêmios nobel Edmud Phelps, Shirin Ebadi, Lech Valesa, Orham Pamuk, Edic Maskin, entre outros.


 * Organizador dos projetos Biblioteca Aberta (coleção com os 100 melhores títulos de filosofia e história contemporânea, para as bibliotecas universitárias do Estado) e Ideias e Consequências (seminário e livro com debate e soluções para a educação no Brasil), com o Instituto Liberal do Rio Grande do Sul.


 * Organizou dezenas de seminários e eventos internacionais com as presenças de intelectuais como Francis Fukuyama, José Saramago, Eric Hobsmawm, Claude Lefort, Paul Kennedy, Cornelius Castoriadis, Jean Baudrillard, entre outros grandes nomes da cultura contemporânea.


 * Concebeu e liderou a criação da Fundacine (Incluir link www.fundacine.org.br) (Fundação Cinema RS), em 1997/1998. A Instituição é integrada por empresas e organizações privadas, com foco no apoio ao desenvolvimento do setor audiovisual gaúcho e brasileiro.


 * Criou e implementou a Orquestra Jovem do Rio Grande do Sul, formada por crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, a partir de ampla seleção pública, oferta de bolsa aos alunos e formação musical de alta qualidade.


 * Orientou e supervisionou a criação do Centro Cultural Erico CEEE Veríssimo.


 * Desenvolveu projetos em parceria com instituições internacionais como o MoMa, Blanton Museu - Austin, Inter-American Foundation, entre outras.


 * Criou e implementou a Bolsa Iberê Camargo, que já premiou 18 artistas brasileiros com bolsas de residência internacional nos últimos 10 anos, em centros de excelência globais como o Art Institute of Chicago, Cité des Arts (Paris) e London Print Studio (Londres).


Outros Palestrantes do mesmo tema


Serviços
  • Clique aqui se você é um Palestrante e deseja participar do casting da Mix Palestras.
  • Clique aqui para obter uma proposta ou contratar um palestrante
Contato